• O Editor

Saiba o significado de cada placa de trânsito

Elas existem para orientar e alertar motoristas e pedestres, facilitando o processo de comunicação visual.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) regulamenta o trânsito de qualquer natureza nas vias terrestres do território nacional abertas à circulação. As placas de trânsito são, de acordo com o CTB, elementos colocados na posição vertical, fixados ao lado ou suspensos sobre a pista, transmitindo mensagens de caráter permanente e, eventualmente, variáveis, mediante símbolo ou legendas pré-reconhecidas e legalmente instituídas como sinais de trânsito.

Em resumo, indicam ordens, locais e ou normas de circulação, com o objetivo de garantir sua utilização adequada, possibilitando melhor fluidez no trânsito e maior segurança dos veículos e pedestres que nela circulam por meio da comunicação visual. Entenda o significado das placas de trânsito.

VERMELHA - a cor indica aos usuários as condições, proibições, obrigações ou restrições no uso das vias urbanas e rurais. O desrespeito a estas placas constitui infrações. São exemplos de placas: “pare”, “proibido parar e estacionar”, “sentido proibido”, “vire à direita”, entre outras. São placas de regulamentação.

AMARELA – servem para advertir e alertar os usuários das condições potencialmente perigosas na via sejam permanentes ou eventuais. São exemplos de placas: “pista irregular”, “aclive acentuado”, “animais”, “curva acentuada à direita” e “ponte estreita”.



LARANJA – sinaliza algum evento incomum na pista de caráter temporário. São exemplos: “desvio a direita a 100m”, “máquinas na pista a 100m” e “estreitamento de pista à esquerda”.

AZUL – identificam, e posicionam o condutor ao longo do seu deslocamento ou com relação a distâncias ou, ainda, aos locais de destino. Além dessas, existem as de serviços auxiliares, que indicam aos usuários da sua direção ou identificando estes serviços como “correio”, “borracharia”, “restaurante”, “aeroporto” ou “serviço mecânico”.

MARROM – as placas de cor marrom são usadas para mostrar atrativos turísticos como áreas de recreação, práticas de esporte e museus, e indicam aos usuários da via os locais, orientando sobre sua direção ou identificando estes pontos de interesse.

VERDE E BRANCA – orientam o destino e indicam ao condutor as direções possíveis, orientando seu percurso e distâncias.




CINZA CLARO – a cor é usada para educar os usuários da via quanto ao seu comportamento adequado e seguro no trânsito. São exemplos: “verifique os freios” e “use cinto de segurança”.

Fonte: Ministério da Infraestrutura

Indicação da Matéria: O Editor


1 visualização0 comentário