• O Editor

Programa de Fomento das Músicas Ibero-Americanas – Ibermúsicas - 2022


Crédito: Divulgação


O Programa de Fomento das Músicas Ibero-Americanas – Ibermúsicas publicou, no dia 1° de junho, em sua página on-line, as convocatórias para seus concursos de 2022. São nove editais com o objetivo de incentivar o setor musical da Ibero-América – que reúne países da América Latina e Península Ibérica. O prazo de inscrições é de 15 de junho a 1º de outubro de 2022. O Ibermúsicas é representado no Brasil pela Fundação Nacional de Artes – Funarte.


Entre as novidades deste ano está o Prêmio Brasil Ibermúsicas, cujo propósito é reconhecer e valorizar espaços e empreendimentos que venham contribuindo para a divulgação da música brasileira nos países ibero-americanos. A ação, proposta pela Funarte, também tem o propósito de catalogar festivais, casas de espetáculos e projetos editoriais que se dediquem a difundir as manifestações musicais brasileiras no exterior, formando um cadastro.


Os concursos


Ajudas ao setor musical para a circulação na Ibero-América – O alvo da ação é o apoio e o incentivo financeiro para a circulação de “agentes do setor musical ibero-americano”, favorecendo a internacionalização dos espetáculos musicais, e “os intercâmbios de criação, de investigação e de saberes”. Cada projeto contemplado poderá receber até 8 mil dólares norte-americanos.


Ajudas ao setor musical para circulação nos Estados Unidos – Com a missão de promover o diálogo intercultural entre artistas musicais da América Latina e dos Estados Unidos, o processo seletivo, fruto de colaboração entre o Ibermúsicas e o Mid Atlantic Arts (EUA), tem por objetivo o apoio a projetos contemplados.


Ajudas ao setor musical para a programação ibero-americana – Edital destinado a programadores de salas de concerto, teatros e escolas, além de festivais, feiras de música e outros eventos e empreendimentos, que intencionem convidar artistas, técnicos e ministrantes de oficinas, oriundos de países ibero-americanos, para a participação em suas programações. O apoio financeiro se destina a cobrir despesas de transporte. Cada projeto poderá receber até oito mil dólares norte-americanos.


Ajudas à especialização e ao aperfeiçoamento artístico e técnico do setor musical – O concurso é aberto a apoiar qualquer artista e técnico do setor musical ibero-americano. Destina-se a instrumentistas, cantoras e cantores, técnicas e técnicos, luthiers, compositoras e compositores, e a todos os “agentes da cadeia de valor da indústria musical” que desejem estudar, durante um período de um a seis meses, na região ibero-americana. Cada candidato(a) receberá mil dólares norte-americanos por mês para estudos na América Latina, e mil e trezentos dólares por mês para aprimoramento na Espanha e em Portugal.


Ajudas ao setor musical em modalidade virtual – O processo seletivo se destina ao fomento à produção de conteúdo para difusão em modo virtual. Visa a promover os laboratórios de criação; fortalecer a capacitação permanente do setor musical ibero-americano; e incentivar a inovação dessa área produtiva – sempre contemplando a cooperação ibero-americana entre os países-membros (um dos focos do Ibermúsicas). Cada projeto contemplado receberá até dois mil e quinhentos dólares norte-americanos.


IX Prêmio Ibermúsicas à criação de canções – O edital objetiva promover a criação de música popular e o fortalecimento de laços de cooperação entre criadores, intérpretes, compositoras e compositores do setor musical ibero-americano. Também tem como alvo estimular a cocriação de canções por parte de artistas de dois países-membros do Programa. Será concedido um prêmio de dois mil dólares norte-americanos para cada canção contemplada, sendo mil dólares para cada criador.




Prémio Ibermúsicas de composição e estreia de obra – Por meio do concurso, pretende-se reforçar as redes da música de concerto na região ibero-americana, com a promoção do diálogo entre intérpretes e compositores (as). A meta é, também, impulsionar a criação e as estreias de música “acadêmica, erudita”, contemporânea e experimental e, assim, contribuir para a ampliação do repertório da Ibero-América. A convocatória é destinada a intérpretes, ensambles, conjuntos de câmara, orquestras, agrupamentos corais e coros, entre outros coletivos. Eles deverão apresentar “um projeto de estreia de obra, composta para a sua instrumentação”. O prêmio é de cinco mil dólares americanos. Será contemplado um projeto de cada país-membro do Programa apresentado.


Concurso ibero-americano la Guarânia, banda sonora do Paraguai para o mundo – O propósito da ação é apoiar e acompanhar a postulação da guarânia como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Para isso, o Governo Nacional do Paraguai e o Programa Ibermúsicas contemplarão, a partir do processo seletivo, uma canção inspirada no universo sonoro e poético da guarânia. O(a) compositor/a da obra vencedora receberá dois mil dólares americanos. O Ibermúsicas acrescenta que a composição será apresentada em estreia por uma orquestra ou ensamble do Paraguai, no primeiro semestre de 2023.


Prêmio Brasil Ibermúsicas – O edital tem por objetivo reconhecer o mérito de iniciativas ou espaços dedicados, ao longo dos anos, a difundir a música brasileira na região ibero-americana. Serão concedidos seis prêmios de cinco mil dólares norte-americanos.

Acesse as convocatórias do Ibermúsicas aqui Acesse a página oficial do Programa aqui

Fonte: Ascom/Secult

Indicação da Matéria: O Editor

2 visualizações0 comentário