• O Editor

MÍSSIL DESTRÓI MEGA NAVIOS DE FERTILIZANTES E GRÃOS

Os impactos negativos da guerra na Ucrânia, irão assolar o agronegócio brasileiro em forma de cascata; Nesta semana, uma das maiores empresas de fertilizantes do mundo foi atingida por um míssil!

Foto: Vale do Ivinhema


Após essa semana, ficou confirmado que os impactos da guerra na Ucrânia, vão impactar o agronegócio brasileiro, e mundial, em forma de cascata.

Esses impactos já começam a ser sentidos com o fechamento de operações das empresas de fertilizantes nas regiões de guerra. Além disso, desde o início dos combates, diversos navios cargueiros foram atingidos de forma “acidental” por mísseis e bombas.

Além disso, durante a semana, uma das maiores empresas de fertilizantes do mundo, teve seu escritório em Kiev, atingido por um míssil. Um navio fretado pela Cargill Inc. foi atingido enquanto navegava em águas ucranianas no Mar Negro e atualmente está navegando para o sul em águas romenas para receber assistência, disse a gigante comercial agrícola dos EUA.

A embarcação, apesar de não ter sido destruída, precisou mudar a rota para receber assistência e reparar os danos. Ver vídeo abaixo:

https://www.comprerural.com/conheca-o-maior-navio-de-fertilizantes-do-mundo/



Além desse navio, segundo os relatos de pessoas próximas a região e ou, ligadas as empresas, disseram que são inúmeros os navios que sofreram danos diretos ou indiretos por ataques de míssil e bombas ao longo dessa semana.

Essas embarcações, com grande capacidade de carga, acabaram impedidos de continuar a operar, aguardando reparos e liberações do espaço marítimo.

O navio graneleiro Yasa Jupiter , de propriedade turca, com bandeira das Ilhas Marshall ( IMO: 9848132 ) foi atingido por uma bomba em 23 de fevereiro.

Foi confirmado que não houve vítimas. “O mercado ainda está lutando para ter uma visão clara da situação real no terreno”, disse um trader europeu de grãos.

Duas outras embarcações comerciais que estavam atracadas no Mar Negro, perto do porto de Odessa, na Ucrânia, foram bombardeadas por militares da Rússia.

Os cargueiros, com bandeiras da Moldávia e do Panamá, marcam uma nova ofensiva na invasão da Ucrânia pela Rússia.

Os bombardeios aos navios foram confirmados pelo Ministério da Infraestrutura da Ucrânia. Um dos alvos foi o navio de bandeira moldava, o Millennial Spirit, que pegou fogo junto com a carga de 600 toneladas de diesel.

Fonte: Compre Rural

Indicação da Matéria: O Editor

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo