• O Editor

Força Aérea Brasileira vai desativar os helicópteros de ataque Mi-35M (AH-2)


Circula nas redes sociais uma reprodução da capa do plano de desativação dos helicópteros de ataque Mi-35M (AH-2 Sabre) da Força Aérea Brasileira.

Segundo uma fonte, a desativação do primeiro lote está prevista para começar em 1º março e o último lote a partir de 31/12/22. Os Mi-35M foram entregues em quatro lotes de três aeronaves cada.

A cerimônia oficial de incorporação dos helicópteros Mi-35M na FAB ocorreu em 17 de abril de 2010, na Base Aérea de Porto Velho (RO).

Os 12 helicópteros recebidos pelo Esquadrão Poti (2º/8º GAV) acumularam até 2020 mais de 8 mil horas de voo.

O vetor representou um enorme ganho operacional para o Esquadrão Poti, que passou a voar uma aeronave genuinamente de ataque, preenchendo uma lacuna operacional que existia na FAB antes da sua chegada.

Desenvolvido a partir do helicóptero russo Mi-24, o Mi-35M incorpora várias inovações tecnológicas, mantendo as características principais de seu antecessor, que são o poder de fogo, a blindagem e a robustez.






Fonte: Poder Aéreo

Indicação da Matéria: O Editor

7 visualizações0 comentário