• O Editor

Covid-19. EUA limitam uso da vacina Johnson & Johnson devido a coágulos sanguíneos

Vacina foi inicialmente considerada uma ferramenta importante no combate à pandemia, porque exigia apenas uma dose.

Foto: Reuters


A agência norte-americana do medicamento (FDA, em inglês) limitou esta quinta-feira a administração da vacina contra a Covid-19 da Johnson & Johnson, devido ao risco contínuo de coágulos sanguíneos raros, mas graves.

A vacina deve ser apenas dada a adultos que não podem receber uma vacina diferente ou que solicitem especificamente a da Johnson & Johnson.

As autoridades norte-americanas há meses que já recomendam que os cidadãos que iniciam a sua vacinação contra a Covid-19 usem as vacinas da Pfizer ou da Moderna, noticia a agência Associated Press (AP).

Em comunicado, a FDA explicou que restringiu a vacina da Johnson & Johnson depois de analisar novamente os dados sobre o risco de coágulos sanguíneos com visco de vida, nas duas semanas após a vacinação.

A vacina da gigante farmacêutica norte-americana foi inicialmente considerada uma ferramenta importante no combate à pandemia, porque exigia apenas uma dose.

No entanto, a opção por uma dose única demonstrou ser menos eficaz face às vacinas da Pfizer e da Moderna.

Em dezembro, os Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC, em inglês) dos Estados Unidos recomendaram como prioritárias as vacinas da Moderna e Pfizer, devido aos problemas de segurança da Johnson & Johnson.

Embora os coágulos sanguíneos que ocorreram com a vacina da Janssen serem raros, as autoridades norte-americanas salientam que estes ainda estão a acontecer.

Cientistas federais identificaram 60 casos, incluindo nove que foram fatais, em meados de março.

Este número corresponde a um caso de coágulo sanguíneo por 3,23 milhões de injeções de Johnson & Johnson, explicou a FDA na quinta-feira.

O porta-voz da Johnson & Johnson referiu, numa nota de imprensa, que os “dados continuam a apontar para um perfil de risco-benefício favorável” para a vacina da empresa nos adultos, quando comparados com nenhuma vacina".

A Covid-19 também causa coágulos sanguíneos mortais, mas o tipo associado à vacina é diferente e acredita-se que seja formado devido a uma reação autoimune às vacinas Johnson & Johnson e AstraZeneca (de fabrico semelhante), devido à forma como são produzidas.


Fonte: Renascença

Indicação da Matéria: O Editor

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo