• O Editor

China deve ter medicamento contra Covid-19 em dezembro. Segundo a mídia estatal, tratamento...

Segundo a mídia estatal, tratamento demonstrou redução em hospitalizações e mortes.


Imagem: Jernej Furman | Flickr


A China deve aprovar, no próximo mês, o primeiro medicamento contra a Covid-19 desenvolvido por uma farmacêutica chinesa e baseado no uso de anticorpos monoclonais, capazes de neutralizar o vírus. A informação foi divulgada nesta terça-feira (16) pela imprensa estatal do país asiático.

Segundo o Estado chinês, o tratamento é resultado de pesquisa conjunta da Universidade Tsinghua, o Hospital Popular Número Três da cidade de Shenzhen e a empresa Brii Biosciences, com sede na China e nos Estados Unidos, afirmou o Global Times, jornal oficial do Partido Comunista.

Dados preliminares divulgados pelo regime, indicam que esse tipo de medicamento seria utilizado no tratamento de casos leves ou moderados da doença.

No fim de agosto, a Brii Biosciences tinha anunciado que o tratamento demonstrou redução de até 78% nas hospitalizações e mortes por coronavírus, durante a terceira fase de ensaios clínicos realizados nos Estados Unidos, no Brasil, na África do Sul, no México, na Argentina e nas Filipinas.



No país comunista, a terceira fase de testes é liderada pelo cientista Zhong Nanshan e ocorre nas cidades de Cantão e Shenzhen, ambas na província de Guangdong (sudeste), e em Nanjing e Yangzhou, na província de Jiangsu (leste).



Fonte: Conexão Política

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo